Gestão do Conhecimento: Mantendo o Saber na Empresa

 em Blog, Gestão do Conhecimento

Toda empresa tem um conjunto de saberes que precisa manter para funcionar: o entendimento de processos internos, o conhecimento necessário para a realização de cada atividade por cada colaborador, informações sobre a atuação de parceiros, fornecedores, clientes e tudo mais.

Se a empresa levantar quais são esses saberes, organizá-los e avaliá-los, poderá saber como usá-los melhor, obtendo vantagens competitivas e aumentando a produtividade. Poderá identificar quais desses conhecimentos têm deficiências, ou identificar a falta de alguns que melhorariam o trabalho. Poderá gerar mais conhecimento. Poderá proteger e conservar esse conhecimento, como se deve fazer com qualquer bem importante de uma organização. Poderá deixá-lo organizado e disponível para colaboradores realizarem atividades com eficiência.

Isto é, em resumo, gestão de conhecimento. Um processo que engloba as áreas de sistemas de informação, administração, gerenciamento, biblioteconomia e várias outras. Como se pode imaginar, um processo que se bem executado pode criar um grande impacto em todos os aspectos de uma empresa.

Como aplicar a Gestão do Conhecimento na Empresa?

A gestão do conhecimento precisa ser inserida na cultura organizacional. O ambiente da empresa precisa incentivar a criação de conhecimento, tanto ligado às competências da empresa quanto às individuais.

Este conteúdo precisa ser disseminado ao máximo. Mais do que manter as pessoas conectadas ao conhecimento necessário, isto gera um ambiente de troca de ideias e criação de mais conhecimento.

A organização do conteúdo gerado requer documentação na forma de textos, apostilas, vídeos, etc. utilizando ferramentas adequadas, como a plataforma do Lector Live. Isto também garante que o conhecimento se mantenha na empresa, independentemente de quem esteja – ou saia – da empresa.

E é sobre isso que vamos falar agora.

Como Impedir que o Conhecimento Vá Embora

Muito do conhecimento que mencionamos no começo pode sair da empresa junto com um colaborador que deixa o posto. Perda de conhecimento nunca é bom: recuperar este saber perdido tomará tempo e prejudica a capacidade de ação. Algumas práticas associadas à gestão do conhecimento vão ajudar a evitar este tipo de prejuízo:

  • Estabeleça um ambiente onde possam continuar contribuindo. Algumas pessoas investem muito no que construíram na empresa, e teriam interesse de manter contato e continuar colaborando.
  • Mantenha a maior parte do conhecimento hospedada online. Além de facilitar processos, as informações ficam disponíveis mesmo com as pessoas mudando de cargo.
  • Torne o compartilhamento de conhecimento um hábito, uma necessidade, quase uma obsessão. Use ferramentas que permitam modos diferentes de armazenar e organizar as informações, já que pessoas têm formas diferentes de trabalhar.
  • Dê o devido crédito. É preciso criar um ambiente onde os colegas saibam que terão reconhecimento pelas suas contribuições. As pessoas serão motivadas a compartilhar o conhecimento quando seu mérito é generosamente reconhecido.

Uma ferramenta que permite uma eficiente gestão do conhecimento, incluindo o gerenciamento de ideias e contribuições fornecidas pelos colaboradores com controle de autoria é o Lector Live. Saiba mais aqui.

Comentários

Posts Recentes